Meio Ambiente

Parque do Mangue Seco aguarda liberação de licença ambiental da CETESB

09/08/2019

O projeto do Parque do Mangue Seco faz parte do convênio firmado em junho de 2018 com o DADETUR (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos), da Secretaria de Turismo do Estado, no valor total de R$ 580.351,81. Este convênio faz parte dos recursos destinados ao município no exercício de 2018, para a implantação de obras de infraestrutura turística do parque.

A prefeitura municipal da Estância Turística de Joanópolis, por meio da secretaria municipal de Obras e Projetos têm realizado o devido acompanhamento do mesmo junto ao órgão. O local onde será instalado o Parque do Mangue Seco está localizado em uma área antiga do município e foi necessário fazer retificação de área com posterior averbação de área compensatória. Por conta disso, a prefeitura está aguardando apenas a expedição da licença ambiental pela CETESB – que deverá ocorrer na próxima semana – e a partir daí, poderá dar encaminhamento junto à Secretaria de Turismo do Estado, no DADETUR, para obter a autorização de início das obras de implantação do parque, com posterior licitação.

Também foram contemplados no exercício de 2018, os seguintes convênios: pavimentação asfáltica e drenagem pluvial em trechos da Estrada Cecília Bertholine e da Rua Sebastião Zappa, e implantação da Fase III do Parque Linear – projeto que abrange os Complexos Esportivos Nini Costa e Bela Vista.