Obras e Projetos

Terceira audiência sobre Plano de Mobilidade Urbana apresentará resultados dos questionários

12/11/2018

Reunião acontecerá no dia 23 de novembro, às 19h, na Câmara Municipal, e será aberta ao público

A Prefeitura da Estância Turística de Joanópolis, por meio da secretaria de Obras e Projetos, realizará, em parceria com a USF (Universidade São Francisco), a terceira audiência pública sobre o PMMU (Plano Municipal de Mobilidade Urbana), no dia 23 de novembro, às 19h, na Câmara Municipal, apoiadora da iniciativa, na rua Francisco Wohlers, 146, centro.

O PMMU, preconizado pela Lei Federal nº 12.587/2012, é um instrumento de planejamento e gestão do sistema municipal de mobilidade urbana, utilizado para organizar e melhorar a mobilidade e acessibilidade das pessoas e integrar diferentes meios de transportes, fazendo com que a cidade cresça de modo ordenado e sustentável.

A Lei determina que os planos priorizem os modos de transportes não motorizados, como os pedestres e os ciclistas. A ideia é reduzir o uso dos veículos nas ruas para diminuir a poluição gerada e aperfeiçoar a acessibilidade do município, incentivando as pessoas a caminharem e pedalarem mais.

Na próxima reunião, coordenada pela professora da USF das disciplinas de Planejamento Urbano e Gestão Integrada e coordenadora do projeto Cidades Saudáveis, Cândida Maria Costa Baptista, o grupo de trabalho local que elabora o PMMU dará continuidade ao “Produto 2”, que é a apresentação dos resultados dos mais de 800 questionários aplicados à população em setembro.

Os questionários, aplicados pelos alunos da USF que compõe o grupo de trabalho e também disponível na versão online, eram compostos por 35 perguntas de múltipla escolha, que buscavam conhecer os tipos de transporte mais usados pelos munícipes, a quantidade de deslocamentos feitos por dia dentro da cidade, o tempo gasto para se deslocar, entre outras questões.

Os resultados dos questionários servirão de base para o desenvolvimento do PMMU. A participação social ao longo de todo processo de elaboração do documento é imprescindível para garantir que as medidas estabelecidas atendam às demandas prioritárias da sociedade e às necessidades de cada bairro, melhorando a qualidade de vida da população.

DSC_0012