Assistência Social

Sociedade Unida” estuda atuação com famílias e nas escolas com apoio do AE

03/09/2018

A campanha já está obtendo resultados positivos e agora conta com o auxílio da ONG Amor Exigente, de Bragança Paulista

A Prefeitura da Estância Turística de Joanópolis, por meio da secretaria de Assistência Social e Cidadania – SUAS, com apoio do Fundo Social de Solidariedade (FSS), secretaria de Saúde – SUS, AA (Alcoólicos Anônimos), COPOEJ (Conselho de Pastores e Obreiros Evangélicos de Joanópolis), Paróquia São João Batista e voluntários da causa, realizou novas ações com dependentes químicos em situação de rua.

No dia 16 de agosto, a equipe multidisciplinar preparou um café da manhã para as pessoas em situação de vulnerabilidade social no coreto da Praça Padre Domingos Segurado, centro, onde elas se alojam constantemente, e realizaram aferição de pressão arterial, teste de glicemia e testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites B e C. Também foram preenchidos cadastros com dados pessoais de cada um e relatórios.

Já no dia 24 de agosto, o grupo promoveu uma palestra de prevenção e conscientização, ministrada pelo médico Carlos Henrique de Moraes Costa, na Casa da Cultura, que teve como tema “Alcoolismo, tabagismo e outras dependências: do sofrimento à felicidade”. Autoridades locais, comerciantes e munícipes interessados no tema marcaram presença.

O evento foi iniciado com a explicação sobre o que é o “Sociedade Unida”, os resultados que a campanha vem obtendo com as ações em prol aos dependentes químicos da cidade e os canais para quem quer buscar ajuda. Em seguida, o ex dependente de álcool, membro do AA de Joanópolis e integrante do grupo de apoio à campanha, Valdir Pires, falou sobre o que é o AA e como funcionam as reuniões.

O médico abordou na palestra diferentes tópicos, como fatores biológicos, psicológicos e sociais que desencadeiam as dependências, a influência do marketing das bebidas alcoólicas e dos cigarros, causas mais comuns de morte relacionadas ao álcool/tabaco/drogas, como suicídio, câncer e cardiopatias, e a importância de tratar e cuidar do dependente e de uma abordagem acolhedora, como evitar críticas e oferecer ajuda, evitando ser autoritário e indiferente.

Ao final, os participantes puderam esclarecer dúvidas e pedir orientações. A equipe multidisciplinar tem se reunido frequentemente para estudar ações e discutir estratégias eficientes para abordar os dependentes químicos em situação de rua, o que resultou na campanha “Sociedade Unidade”. As ações tem por finalidade o acolhimento, conhecimento de referidas pessoas e avaliação das carências individuais.

Entre as iniciativas já realizadas, estão o café da manhã no coreto e as ações de prevenção e promoção à saúde uma vez por semana, entrega de kit com itens básicos de higiene e um lugar preparado para o banho, palestras de prevenção e conscientização, afixação de cartazes em todo o comércio local, visando orientar a sociedade sobre formas adequadas de lidar com dependentes – especialmente aqueles em situação de rua.

Apoio do Amor Exigente

A campanha já vem obtendo resultados positivos. Algumas pessoas em situação de vulnerabilidade social aceitaram ajuda do grupo, voltando para suas cidades onde receberam auxílio das famílias e de órgãos competentes, e outras procuraram ajuda por conta própria. A equipe agora estuda ações para efetivar um trabalho de prevenção junto à famílias, escolas, crianças e jovens, entidades, igrejas, e interessados em receber o grupo. Também houve a conquista de novos parceiros, que vem integrar a campanha “Sociedade Unida” com trabalho voluntário de mais apoio e orientações, um deles é a ONG Amor Exigente (AE).

A equipe se reuniu, na última sexta-feira (31), com voluntários representantes do AE de Bragança Paulista, que é direcionado aos pais e familiares que vivem problemas de relacionamento por causa de mal comportamento de próprios familiares e/ou alunos, e também às pessoas com comportamento inadequado, todo tipo de compulsão, e dependentes químicos. O AE também atua na prevenção para identificar e evitar comportamentos de risco. O grupo trabalha, nos encontros semanais, a filosofia e a metodologia de um programa através dos 12 Princípios Básicos, 12 Princípios Éticos, Responsabilidade Social e Espiritualidade Pluralista.

As orientações e os ensinamentos recebidos pelo AE são muito importantes para fortalecer o trabalho do grupo intersetorial e as próximas ações do “Sociedade Unida”.

10

DSC_0027

DSC_0074

DSC_0085

DSC_0102

DSC_0108

DSC_0119

DSC_0121

DSC_0129

DSC_0133

DSC_0018

DSC_0030

DSC_0037

DSC_0054