Turismo e Eventos

Projeto de lei da Política Municipal e Plano Diretor de Turismo são aprovados pelo COMTUR

27/10/2017

Agora os documentos precisam ser aprovados pela Câmara Municipal para que o município possa renovar o título de Estância Turística em 2018

A Prefeitura da Estância Turística de Joanópolis, por meio do COMTUR (Conselho Municipal de Turismo), participou de uma reunião com a ABET (Agência Brasileira de Engenharia Turística), na última segunda-feira (23), para votação do projeto de lei da Política Municipal de Turismo e, como anexo I, do PDT (Plano Diretor de Turismo).

A reunião, conduzida pelo turismólogo e responsável técnico da ABET, Dener Fonseca, reuniu autoridades dos poderes Executivo e Legislativo, empresários, membros do COMTUR e da – agora extinta – Comissão de Elaboração do PDT. A ABET estava responsável por desenvolver o PDT e apresentar cada uma das etapas à comissão, que avaliava e opinava.

Os documentos colocados em votação na plenária do COMTUR foram aprovados por unanimidade. Na próxima semana, será entregue outro documento, denominado Programas, Projetos e Atividades, que trará os projetos que precisarão ser colocados em prática para alcançar os objetivos propostos no PDT.

No entanto, mesmo com a aprovação do COMTUR, Dener afirma que será necessário submeter os documentos a outros pareceres. “Agora eles vão para o Executivo, que encaminhará para a Câmara Municipal. O próximo objetivo é aprová-los na Câmara e reunir o restante da documentação para enviar à Assembléia Legislativa, para, enfim, o município renovar o titulo de Estância”.

Desde que a elaboração do plano foi iniciada, em março deste ano, empresários e autoridades locais tiveram participação efetiva nas reuniões. Segundo o turismólogo, Joanópolis tem muito recurso turístico, que precisa ser desenvolvido. “Uma das metas do PDT é ter cinquenta respostas para a principal pergunta que o turista faz: ‘o que tem para fazer em Joanópolis?’”, afirma.

O PDT, aprovado e revisado a cada 3 anos, é um dos pré-requisitos para determinar a classificação dos municípios turísticos como Estâncias ou Municípios de Interesse Turístico, conforme estabelece a Lei Complementar nº 1.261/2015. Renovando o título até abril de 2018, a cidade continua recebendo recursos como Estância, destinados a realização de melhorias.

O plano determina diretrizes, objetivos, ações estratégicas e metas voltadas ao desenvolvimento do turismo municipal. Ele é fundamental para fortalecer a gestão turística municipal, diversificar a oferta turística e atrair mais visitantes, contribuindo com o crescimento econômico do município. É necessário que os munícipes estejam preparados para recebê-los.

A presidente do COMTUR Heloisa Collins ajudou a conduzir a reunião ao lado do turismólogo e responsável técnico da ABET, Dener Fonseca
A presidente do COMTUR Heloisa Collins ajudou a conduzir a reunião ao lado do turismólogo e responsável técnico da ABET, Dener Fonseca

DSC_0078

DSC_0139

DSC_0137