Educação e Cultura

Alunos da EMEF “Vicente Camargo Fonseca” promovem Feira de Saberes em homenagem à escola

25/08/2017

Os 31 anos da escola foram comemorados com atividades educativas preparadas pelos próprios alunos

A Prefeitura da Estância Turística de Joanópolis, por meio da secretaria de Educação e Cultura, realizou diversas atividades educativas na EMEF “Vicente Camargo Fonseca”, nesta sexta-feira (25), em homenagem aos 31 anos da escola, completados na última terça-feira (22).

O evento foi aberto com uma cerimônia, que contou com a presença de autoridades do Poder Executivo e diretores de outras escolas. Antes de dar início às atividades, alunos de várias turmas homenagearam a escola com apresentações de dança e canto.

Após a cerimônia, o público pode conferir a Feira de Saberes, que consistia em ações educativas e interativas promovidas pelos próprios alunos com a ajuda de professores e funcionários. As atividades, ligadas às disciplinas ensinadas na escola, estavam espalhadas por todo o ambiente escolar.

Na quadra, os alunos interagiam e mostravam conhecimento sobre os temas: “Ciência Divertida”, “Corpo Humano”, “Brinquedos Antigos”, “Saúde”, “Química e Física na Prática”, “Receitas Culinárias”, “Jogos Matemáticos”, “As Células e Suas Organelas”, “Vulcões em Erupções”, “Saberes e Sabores”, e “Jogos”.

No pátio, aconteceram oficinas de “Xadrez”, “Origami” e “Geometria” que divertiam quem passava pelo local. No laboratório, formavam-se filas para conhecer a atividade “Órgãos do Sentido”, montada em uma sala escura com monitores, que também eram os próprios estudantes.

As salas de aula também receberam atividades. Para falar sobre a “Ocupação Territorial Brasileiro Século a Século”, foi criada uma verdadeira “floresta” dentro da sala de aula, com sons de pássaros, árvores, terra e folhas pelo chão.

O “Teatro de Sombras” contava histórias conhecidas dos contos de fadas por meio das sombras. Os jogos de “Temas Polêmicos” proporcionavam conhecimento de assuntos importantes, como depressão, bulling, preconceito, feminismo e gravidez na adolescência, de forma leve.

Já na sala da coordenação o cenário da atividade “Música de Protesto” foi preparado pelos estudantes para relembrar fatos históricos da Ditadura Militar, com foco na censura que os artistas sofriam e retratavam em suas músicas.

Para visualizar todas as fotos, clique aqui.

DSC_1056

DSC_1209

DSC_1213